A Morro do Ipê não utiliza mais as barragens de rejeitos em suas operações.

Em 2018, a Morro do Ipê iniciou a obra para instalação de um novo sistema de tratamento de rejeitos de minério de ferro por meio de um processo de filtragem, eliminando a necessidade de barragens para disposição de rejeitos.

O sistema funcionará por meio de dois filtros prensa que possibilitam a separação do material líquido (água) do sólido. O rejeito será filtrado, a água retornará ao processo industrial por meio de recirculação, e o rejeito seco enviado à pilha de estéril.